ASEMG EMPOSSA NOVA DIRETORIA | ASEMG

ASEMG EMPOSSA NOVA DIRETORIA

Publicado em 31 de maio de 2019

No dia 23 de maio a Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (ASEMG) empossou, formalmente, sua diretoria para o triênio 2019/2021, que é formada por suinocultores dos mais diversos polos suinícolas do estado, sendo composta da seguinte forma: Presidente: João Carlos Bretas Leite (Vale do Piranga), Vice-presidente: Roberto Silveira Coelho (Sul de Minas), Diretor Financeiro: Fernando da Silva Araújo (Vale do Piranga), Vice-Diretor Financeiro: José Manoel Marcondes Souza (Zona da Mata), Diretor Administrativo: Donizetti Ferreira Couto (Centro-Oeste), Vice-Diretor Administrativo: João Paulo Gabriel (Centro-Oeste), Diretor Técnico do Registro Genealógico: Antônio Gonzaga (RMBH), Diretor de Mercado: Armando Barreto Carneiro (Vale do Piranga), Diretor de Meio Ambiente: Jair Cepera (Central), Diretor de Eventos: Mário Lúcio Assis (RMBH), Conselho Fiscal Efetivo: Juarez Rodrigues Sora (Triângulo e Alto Paranaíba); Fernando César Soares (Vale do Piranga); Manoel Teixeira Lopes (Zona da Mata)  e Conselho Fiscal Suplentes: Ricardo dos Santos Bartholo (Triângulo e Alto Paranaíba); Flávio José Abreu (Centro-Oeste) e Geraldo Magela Silva (Oeste).

Na data da posse a entidade recebeu suinocultores, autoridades e demais participantes da cadeia. “A ASEMG  é uma entidade primordial para a atividade suinícola em Minas, sempre foi imensamente parceira da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA) e tenho certeza que esta convergência de ideias permanecerá com esta nova diretoria, que aproveito o ensejo para saudar a manifestar o apoio da SEAPA e do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MG) ” comentou João Ricardo Albanez, superintendente de abastecimento e economia agrícola da SEAPA e vice-presidente do CRMV-MG.

O presidente da ASEMG, João Carlos Bretas Leite, falou sobre os desafios desta nova empreitada. “É com muito orgulho e senso de responsabilidade, que aceitei o convite para gerir esta entidade. Desafio este que só aceitei por ter a convicção de que não estarei sozinho já que esta diretoria é composta por suinocultores de toda Minas Gerais, todos dispostos a darem o seu melhor pelo crescimento e melhoramento da atividade em Minas Gerais. Esta chapa nasceu em busca de união e renovação de gestão e com estes parâmetros seguiremos durante os próximos três anos de trabalho. Ao falarmos de renovação não estamos falando em rupturas ou queda de todo um trabalho já desenvolvido por colegas que ocuparam anteriormente estas cadeiras. Estamos falando em melhorias, em crescimento e manutenção de tudo aquilo que venha para beneficiar a cadeia, a entidade e seus associados” contou o presidente.

 

 

Filiado à ABCS