ASEMG MOSTRA SUA FORÇA POLÍTICA E BARRA A MUDANÇA DA DN 74/2004 | ASEMG

ASEMG MOSTRA SUA FORÇA POLÍTICA E BARRA A MUDANÇA DA DN 74/2004

Publicado em 6 de dezembro de 2017

A alteração do porte e do potencial poluidor da atividade suinícola na DN 74/2004 que traria sérios prejuízos aos suinocultores mineiros não foi aprovada pelo  COPAM.

Nesta quarta-feira (06) ocorreu a reunião do COPAM relativa a mudança do porte e do potencial poluidor da suinocultura de médio (M) para grande (G) e o que foi visto foi uma vitória dos suinocultores mineiros. “Este é o resultado de muito trabalho e investimento em carga política. Fico feliz em perceber que a decisão tomada foi justa e tecnicamente a mais correta para o nosso setor” comentou o vice-presidente da ASEMG, José Arnaldo Cardoso Penna.

A votação a favor da manutenção do porte e do potencial poluidor M contou com a participação de 22 conselheiros, tendo 20 concordado com o pleito da ASEMG. “Esta é uma vitória  do setor e conquistada com a participação de muitos.  Agradeço em especial aos amigos da FAEMG, SEAPA, SEBRAE, Frente Parlamentar da Suinocultura Mineira, além dos  Secretários de Agricultura e  do Meio Ambiente, Pedro Leitão e Germano Vieira, respetivamente, aos deputados estaduais Inácio Franco, Glaycon Franco, Antônio Carlos Arantes, Emidinho Madeira, aos consultores Paulo Furtado e Luís Alberto, ao pesquisador da Embrapa Paulo Armando, aos suinocultores José Arnaldo, Roberto Coelho, Manoel Teixeira Lopes e Patrícia Morari que muito se empenharam para que conseguíssemos manter o potencial M” agradeceu o presidente da ASEMG, Dr. Antônio Ferraz.

Para Fabiana Vilela, analista de agronegócio do SEBRAE,  a suinocultura mineira  iria sofrer um revés muito grande  caso esta alteração fosse aprovada. “Em momentos assim, justifica-se a existência  de uma associação de classe com forte penetração política como a ASEMG. Os associados têm muito a comemorar”, justifica a analista.

Presentes na CNR: ASEMG: José Arnaldo e Sabrina, SEAPA: Pedro Leitão, Kalil e Juliana, FAEMG: Ana Paula e Guilherme, Deputado Estadual Antônio Carlos Arantes e Sub Secretário de  Regularização Ambiental Anderson Aguilar

Filiado à ABCS