PRESIDENTE DA ASEMG É ELEITO NOVO COORDENADOR DA CÂMARA TÉCNICA DE SUINOCULTURA | ASEMG

PRESIDENTE DA ASEMG É ELEITO NOVO COORDENADOR DA CÂMARA TÉCNICA DE SUINOCULTURA

Publicado em 11 de novembro de 2020

Na última quarta-feira (04/11), o presidente da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (ASEMG), João Carlos Bretas Leite, foi eleito por unanimidade, o novo coordenador da Câmara Técnica da Suinocultura de Minas Gerais.

O Comitê faz parte do Conselho Estadual de Política Agrícola (CEPA), capitaneado pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA). “Assumo a coordenação da Câmara Técnica com o objetivo de trabalhar para um desenvolvimento ainda maior da nossa atividade. Tenho certeza que em conjunto com entidades e pessoas tão competentes e dispostas a se esmeraram em prol da nossa suinocultura faremos uma gestão eficiente ” comentou João Leite.

A Câmara Técnica se reúne trimestralmente, a mesma é composta por entidades governamentais e privadas e tem por  objetivo debater interesses e necessidades do setor produtivo bem como auxiliá-lo em ações práticas a serem tomadas em defesa do mesmo.

Na pauta do dia estiveram os seguintes temas:  escolha de novo coordenador  e relator,  a situação da suinocultura em período de pandemia, a questão dos javalis em meio a cadeia, recomposição das cadeiras da Câmara Técnica e a tributação da energia gerada através de biodigestores.

“Foi uma reunião bastante produtiva e focada. Entre os temas tratados, destaco a recomposição das cadeiras do Comitê, o qual foram inseridas, a pedido da ASEMG, as cooperativas ligadas à nossa atividade como a Cooperativa dos Granjeiros do Oeste de Minas (COGRAN), Cooperativa dos Produtores Rurais do Oeste de Minas (Cooperoeste), Cooperativa dos suinocultores de Ponte Nova e Região (Coosuiponte) e a Cooperativa de Suinocultores de Patos de Minas (Suinco) Entendemos que discutir o setor sem a participação das mesmas é impossível ” explicou João.

Outro ponto de destaque foi a solicitação de isenção de ICMS no estado de Minas Gerais, relacionada aos projetos de micro ou minigeração distribuída, tal qual ocorre com a energia fotovoltaica. “Nós suinocultores produzimos energia de constante e de  qualidade através dos nossos biodigestores e desde o início do ano lutamos em parceria com a FAEMG e deputados ligados ao agro para a desoneração do ICMS das nossas contas. Creio que esta é uma ação política e extremamente necessária já que impacta diretamente o negócio do produtor e por isso solicitamos a discussão a pauta nesta reunião”, contou o presidente da ASEMG e coordenador da Câmara Técnica.

Válido informar que na quinta-feira , 05/11 o projeto de lei (PL 4054) foi aprovado em primeiro turno na Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária da Assembleia Legislativa e agora segue para votação em segundo turno. “ASEMG, SEAPA e FAEMG trabalham fortemente junto aos deputados ligados a cadeia para que a aprovação aconteça ainda este ano” comentou  o presidente da ASEMG.

 

Filiado à ABCS