Principais desafios nutricionais no desenvolvimento de leitões. | ASEMG

Principais desafios nutricionais no desenvolvimento de leitões.

Publicado em 1 de outubro de 2020

Conheça os principais desafios nutricionais, as vantagens e como se utilizar uma dieta de precisão para suínos.

A fase de creche é de grande importância para a suinocultura moderna, pois demanda maiores cuidados, principalmente porque os animais são mais sensíveis a problemas que podem ocorrer nas esferas ambiental (instalações), no manejo, na sanidade e no âmbito nutricional.

No âmbito nutricional é de suma importância compreender a condição fisiológica em que os leitões se encontram, bem como as diferentes exigências de cada fase. Logo após o desmame (21 dias de idade, aproximadamente) os animais ainda estão com o sistema digestório e imunológico imaturos, somado ao estresse causado pela separação da mãe, alojamento em instalação diferente, agrupamento com outras leitegadas (disputa por dominância), transição abrupta da forma física da dieta (líquida para sólida) e das fontes de nutrientes da mesma, os quais são fornecidos comumente por ingredientes de origem vegetal. Para conhecer mais sobre os desafios dessa fase, leia também o artigo sobre os Principais Desafios da Suinocultura, que preparamos para você.

 

Quais são as vantagens de uma dieta de precisão para os leitões?

 

A ração tem papel fundamental no desenvolvimento dos leitões, pois fornecendo uma dieta com qualidade os animais se desenvolvem mais adequadamente, além de auxiliar a minimizar o estresse causado pelos fatores descritos acima. Durante o desenvolvimento na creche podemos dividir o programa alimentar em quatro fases distintas (Pré-inicial 1, Pré-inicial 2, Inicial 1 e Inicial 2), de acordo com as exigências nutricionais para cada uma destas.

O leite materno é o alimento mais completo que o leitão recebe, porém com o desmame as rações, principalmente nas três primeiras fases de creche, devem se aproximar ao máximo possível da qualidade nutricional que o leite possui. As formulações destas rações envolvem a utilização de ingredientes de alta digestibilidade, os quais além de fornecer os nutrientes mais biodisponíveis, devem conferir palatabilidade e aroma as mesmas, para que elas sejam atrativas aos leitões. Os ingredientes a serem utilizados vão desde produtos de origem láctea, proteicos de origem animal e vegetal, energéticos a base de carboidratos de fácil digestão, aditivos que auxiliem na melhora da digestibilidade, no desenvolvimento do trato gastrointestinal, manutenção da integridade do mesmo e proteção contra substâncias que possam causar efeitos adversos indesejáveis, além de produtos que possam manter a estabilidade e proporcionar maior atratividade à ração.

Como utilizar uma dieta de precisão para suínos?

Elaborar uma dieta de precisão para suínos não é uma missão  fácil, pois a aquisição de ingredientes de alto valor agregado depende da seleção de fornecedores adequados, monitoramento constante da qualidade, formulação balanceada, a qual visa combiná-los com base nas características físico-químicas de cada um, bem como na disponibilidade de nutrientes, na qualidade e outras particularidades, maximizando o consumo e aproveitamento das rações, reduzindo a possibilidade de desperdícios ou perdas, potencializando o desempenho dos animais. Outro aspecto relevante é o processamento térmico destas rações, pois melhora a digestibilidade, diminui contaminação microbiológica, melhorando a fluidez, reduzindo a segregação e seleção de ingredientes, diminuindo o desperdício destas rações.

O preço de cada ração de creche é relativamente mais alto quando comparado com as demais fases de criação, no entanto o custo com as dietas de leitões representa o menor valor despendido no custo total com alimentação do plantel, principalmente em função do menor consumo de ração nesta fase. Além disto o investimento nas dietas de creche garante o melhor retorno econômico, pois de acordo com publicações científicas, a cada um quilograma a mais de peso vivo na saída da creche proporciona um aumento de aproximadamente três quilogramas no abate. Para sabe mais sobre a alimentação por fase, separamos um artigo sobre o tema para você.

Dietas de pronto uso

A Vaccinar oferece a linha QUALIFEED de rações prontas, micropeletizadas, para atender especificamente cada fase de creche, formuladas com ingredientes altamente digestíveis e palatáveis, com alta densidade nutricional, favorecendo o consumo de ração, maior ganho de peso, melhor conversão alimentar, refletindo no aumento da rentabilidade da produção.

Após conhecer um pouco mais sobre os principais desafios no desenvolvimento de leitões, se torna claro para qualquer produtor sua necessidade. O uso de uma dieta de precisão se mostra vital para evitar erros e alavancar a sua produção, sem prejuízos e com maior rentabilidade.

Para maiores informações entre em contato com a equipe comercial e técnica da Vaccinar para juntos definir o melhor programa nutricional para sua granja.

Gostou do nosso conteúdo? Então, compartilhe o post em suas redes sociais para que outras pessoas também possam usufruir dessas informações!

 

Filiado à ABCS