ASEMG SENSIBILIZA CONSELHEIROS DO COPAM SOBRE TECNIFICAÇÃO DA SUINOCULTURA | ASEMG

ASEMG SENSIBILIZA CONSELHEIROS DO COPAM SOBRE TECNIFICAÇÃO DA SUINOCULTURA

Publicado em 28 de novembro de 2017

Na tarde da sexta-feira (24) reuniram – se  na sede Sociedade Mineira de Engenheiros  (SME) representantes dos suinocultores mineiros  com conselheiros do COPAM (Conselho Estadual de Política Ambiental) para discutirem a tecnificação da suinocultura e consequentemente a manutenção da atividade  na listagem M da normativa que legisla sobre o potencial poluidor das atividades agropecuárias no Estado. “Apresentamos a conselheiros de entidades com FIEMG, FETAEMG, CREA e SME material técnico que demonstra o alto e contínuo uso de tecnologias durante nossa operação com o objetivo de demonstrar que somos um do setor cada dia mais sustentável” explicou José Arnaldo cardos Penna, vice-presidente da ASEMG.

Para a coordenadora da assessoria de meio ambiente da FAEMG, Ana Paula Mello, foi uma reunião interessante. “Conseguimos mostrar de forma técnica para pessoas que não conhecem de perto o setor de suinocultura como ele funciona. Foi uma reunião objetiva onde foi possível  justificar nossa proposta de manutenção na listagem M de forma bastante assertiva. Também foi importante a participação da suinocultora Patrícia Morari que discorreu sobre o exemplo prático da bacia do Vale do Piranga, onde foi constatado que a suinocultura não era a responsável pela poluição das águas. Penso que esta reunião nos trará  bons frutos” disse a coordenadora.

Além de produzir o material técnico, em parceria com a FAEMG e com o  pesquisador da EMBRAPA Paulo Armando, relativo ao pleito a ASEMG também vem trabalhando politicamente para que a suinocultura não saia prejudicada. “No dia 06/12 teremos uma resposta definitiva sobre a questão, assim sendo há alguns meses iniciamos um trabalho técnico que se intensificou nas últimas semanas e contou com reuniões com o secretário da agricultua, com conselheiros do COPAM e até mesmos deputados que apoiam nossa causa. Estamos confiantes de que teremos uma vitória neste sentido” comentou Sabrina Cardoso , gerente executiva da ASEMG.

 

Filiado à ABCS