SUINOCULTORES MINEIROS SÃO CAPACITADOS PELA AGRINESS | ASEMG

SUINOCULTORES MINEIROS SÃO CAPACITADOS PELA AGRINESS

Publicado em 13 de agosto de 2018

No início de agosto cerca de 30 representantes de granjas mineiras participaram da 46ª turma do curso: Gestão da Suinocultura – Imersão do Pensamento +1  que ocorreu na sede da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (ASEMG)  e foi elaborado e ministrado pela Agriness. “Buscamos levar através deste curso conhecimentos duradouros, que possam ser aplicados em diferentes áreas e que apoiem o profissional não somente na atividade de suínos, como também para o crescimento pessoal. O conhecimento repassado é fruto de diferentes fontes que bebemos, e o que entendemos que tem de melhor, não na parte teórica, mas principalmente que sejam aplicáveis em seu dia a dia. Talvez esta seja a grande diferença para este curso frente aos demais que encontramos na atividade de suínos” disse Junior Salvador, diretor de negócios da Agriness.
Os representantes do setor conheceram um pouco mais sobre gestão de pessoas, indicadores além do método de gerenciamento Agriness. “A metodologia do curso Pensamento +1 é muito interessante já que simplifica nosso modo de entender e perceber e as melhores formas de aplicação  dos indicadores que o sistema S2 nos fornece. Um outro excelente efeito colateral do curso é que conseguimos deixar toda a equipe mais motivada, entendendo melhor de cada parte do negócio e tendo visão dele todo, de que é preciso que cada uma das fases da granja trabalhem com excelência para um resultado final positivo” disse a suinocultora Maria José Assis, da Granja São Gabriel.

A turma foi formada por suinocultores, gestores de granjas e profissionais do setor. “Toda turma tem suas particularidades até porque temos diferentes culturas, regiões e desafios que cada um encontra no seu dia a dia e traz para o debate. Isso é que torna o curso interessante, com casos práticos e não somente trazidos pelo instrutor, mas também pela turma que através do seus desafios acaba percebendo como ele impacta no resultado da granja. Então, pra mim, sempre é motivo de alegria contribuir com mais profissionais bem como esta troca que me ajudam a crescer sempre. Logicamente que a aplicação depende de cada um, pois só o conhecimento não muda muita coisa, o que muda é atitude. Se os participantes tiverem a atitude de aplicar o que vimos durante os dois dias de curso tenho certeza que mudarão realidades e resultados até então adquiridos” contou o gestor.

“O curso foi fantástico! Achei surpreendente a forma com que o tema gestão de pessoas foi abordada já que o enfoque foi bastante assertivo  e nos trouxe novidades no tange a personalidades e setores da granja, foi um momento que nos mostrou inclusive conceitos para a vida. Também ficou claro que se o produtor aprender a elencar as prioridades, a analisar os números do seu negócio e a aplicar os conhecimentos ali adquiridos não tem como sua granja não dar certo. O curso foi bastante focado e mostrou como as ferramentas podem ter um grande impacto. Foi um curso extremamente denso, os assuntos escolhidos tiveram profundidade, foi produtivo,  útil, aplicável no dia a dia,  e bastante agradável. Vale muito o investimento e eu indico a todos que tiverem a oportunidade de participar” contou a suinocultora Andréa Zerbetto, do Grupo Aro.

Segundo  Junior Salvador a experiência em terras mineiras foi excelente. “A experiência foi tão boa que já estamos nos preparando para levar Curso de diagnóstico de oportunidades de produção – Na prática pela primeira vez para MG. Este curso é para apoiar no aprofundamento da análise nas informações e nas oportunidades que temos em nossas granjas. O curso de gestão te ajuda para fazer uma gestão como um todo, aqui veremos como fazer um bom diagnóstico e as oportunidades que temos. Estamos analisando a agenda, mas o mesmo deve acontecer na semana de 12 a 16 de novembro deste ano.

 

Filiado à ABCS