fbpx

DEPOIS DE SEARA E AURORA, BRF EMBARCARÁ CARNE SUÍNA PARA CHINA

A Brasil Foods embarcará carne suína para a China pela primeira vez amanhã, “um marco” para a companhia pela importância do mercado chinês para a indústria brasileira, informou a empresa nesta terça-feira.
O produto a ser exportado, sobrepaleta suína congelada sem osso, foi processado na unidade da empresa em Rio Verde (GO).
A BRF, maior exportadora de aves e carne suína do Brasil, é uma das três companhias brasileiras habilitadas a exportar cortes suínos diretamente para o mercado chinês, autorização essa obtida pelo Brasil no ano passado.
Antes, a Seara, da Marfrig, e a Aurora anunciaram ter realizado embarques à China continental.
Os volumes exportados para a China serão comercializados pela joint venture criada recentemente pela BRF e a empresa chinesa Dah Chong Hong Limited para distribuir produtos no mercado chinês, processar carnes em unidades locais, desenvolver a marca Sadia e atuar nos canais de varejo e food service na China Continental, Hong Kong e Macau, disse a companhia.
A BRF está autorizada a exportar apenas carne suína desossada ao país e quer habilitar unidades instaladas em Santa Carina, Estado que tecnicamente não enfrenta restrições para exportar o produto com osso, por ser considerado livre de febre aftosa sem vacinação.
A China é o maior produtor de carne suína do mundo, mas sua produção não é capaz de atender à demanda interna.
Dessa forma, a associação dos exportadores do Brasil (Abipecs) avalia que o país asiático tem potencial de se tornar o principal mercado para a carne suína brasileira, superando tradicionais destinos, como a Rússia e Hong Kong.
“O acesso àquele mercado é um marco para a BRF e para o Brasil, pois abre promissoras perspectivas para o agronegócio nacional”, afirmou a BRF em nota.
Em novembro, a Seara Alimentos, do grupo Marfrig, fez seu primeiro embarque de carne suína para a China. .
Já a Coopercentral Aurora (Aurora Alimentos) enviou no início deste mês cerca de 120 toneladas de diversos cortes de suínos para o país.
Fonte: Reuters