GRANJAS MINEIRAS SÃO DESTAQUES ENTRE AS MELHORES DO ANO DA SUINOCULTURA | ASEMG

GRANJAS MINEIRAS SÃO DESTAQUES ENTRE AS MELHORES DO ANO DA SUINOCULTURA

Publicado em 17 de abril de 2018

Durante o evento Info 360, capitaneado pela Agriness e realizado entre os dias 11 e 13 de abril em Florianópolis foi apresentado o Relatório Anual do Desempenho da Produção de Suínos, seguido da cerimônia de premiação do Melhores da Suinocultura 2017 – Especial 10 anos (Brasil, Argentina e outros países América Latina), documento este que mostrou a alta qualidade das granjas mineiras. “Esta é uma premiação muito esperada pelo setor e observar os ótimos resultados das granjas mineiras nos levam a concluir que a atividade está no caminho certo” disse Dr. Antônio Ferraz, presidente da ASEMG.

Segundo a Agriness participaram do relatório 1.316 granjas e 1.045.490 matrizes no Brasil. Na Argentina o estudo contou com 123 granjas e 79.896 matrizes e em outros países 52 granjas e 41.794 matrizes. Dos empreendimentos participantes 14% continham 200 ou mais matrizes, 15% estavam na faixa entre 201 e 300 matrizes, 24% possuíam entre 301 e 500 matrizes, 24% entre 501 e 1000 matrizes, 14% entre 1001 e 2000 matrizes, 5% entre 2001 e 3000 e 4% acima de 3000 matrizes. 43% das granjas são produtoras de leitões de 6 Kg, 27% produtora de leitões de 23 Kg e 30% são granjas de ciclo completo.

As granjas mineiras estiveram presentes nas mais distintas faixas de premiação. “Os melhores da suinocultura nos inspiram a conhecer resultados e as práticas adotadas por outras granjas para sabermos até onde podemos chegar. Além de termos uma equipe comprometida, engajada e que gosta do que faz, nossos parceiros e genética nos dão todo o suporte para um melhor manejo e para o bem-estar dos animais, visando sempre o máximo potencial produtivo” disse  Amauri Pinto Costa, terceiro lugar na  categoria até 300 matrizes, e proprietário da Granja Iana, localizada em Pouso Alto/MG.

Agostinho Mansano Peres, da Granja Boa Esperança em Presidente Olegário/MG foi agraciado com o primeiro lugar na categoria entre 301 e 500 matrizes. “Os Melhores da Suinocultura estimula a competitividade entre as nossas granjas, que estão sempre trabalhando para melhorar seus resultados. Se uma das nossas granjas consegue, entendemos que as outras também têm o mesmo potencial, ou até maior, de chegar lá. Compartilhar os números de uma granja aproxima as equipes, mas o maior ganho mesmo é a motivação e no engajamento das equipes como um todo. No fim, o que todos queremos é que as nossas granjas estejam entre as Melhores da Suinocultura” disse Renato Rosa Ribeiro, consultor da granja.

A suinocultora Rosália Franco Marioto, da granja Nova Canaã, localizada em Pará de Minas/MG mais uma vez foi premiada entre as granjas com 301 e 500 matrizes. Neste ano a Nova Canaã figurou em 3º lugar. “Esta premiação criou um espírito de competitividade para toda a suinocultura. Não só os produtores como também colaboradores de granjas passaram a se interessar pelos dados mensais como ferramenta para alcançar melhores resultados. Em nossa granja, os bons resultados que alcançamos são reflexo das boas condições de trabalho dadas aos colaboradores e da conscientização sobre a importância do trabalho em equipe” conto Rosália.

Na categoria entre 501 e 1000 matrizes o primeiro lugar foi do produtor Joaquim Campos Pereira da Fazenda Várzea do Pau D’Alho que fica em Lima Duarte/MG. “Já estamos há 5 anos entre os melhores produtores do Brasil no Melhores da Suinocultura e isso é motivo de muito orgulho para todos nós. Significa um empenho extra, porque toda a nossa equipe quer alcançar sempre o melhor resultado possível. A informação disponibilizada também é muito importante: acreditamos que o que não é mensurado fica à deriva e, se não há gestão eficiente da informação, não se pode comparar resultados. No fim, não se sabe que rumo tomar” contou Joaquim.

Paulo Pedrosa, da Granja Pedrosa situada em Itaúna/MG também esteve entre os premiados nesta  categoria. “Este é um excelente comparativo de resultados entre os participantes, uma ótima oportunidade para identificar nossos pontos fortes e fracos, para realizar melhorias. Temos uma equipe comprometida com os resultados e instalações que nos dão boas condições de trabalho e bem-estar animal, e acreditamos que estes pontos fazem toda a diferença para um resultado final positivo” disse o 3º lugar da categoria 501 a 1000 matrizes.

O primeiro lugar entre as granjas entre 1001 e 3000 matrizes também ficou em Minas. “Percebi nestes últimos anos que outros suinocultores começaram a utilizar mais a informação para melhorar o manejo e com isso alcançar melhores resultados. Frequentemente me perguntam o que fazemos na nossa granja, mas não tem nada de mais, o manejo é o mesmo. Nós simplesmente passamos a fazer o que antes não fazíamos: usar informação que tínhamos na mão para trabalhar” contou o premiado André Almeida Costa, da Granja Capivari, localizada em Bom Despacho/MG

Na categoria acima de 3000 matrizes a granja premiada em 3º lugar foi da Fazenda São Paulo, que apensar do nome tem o DNA mineiríssimo. “O benchmarking proporcionado pelo Melhores da Suinocultura nos estimula a desenvolver nossos processos na busca  de melhores resultados, acompanhando nossa própria evolução ao longo dos anos. Além de uma excelente equipe de consultores, temos uma equipe interna formada por pessoas comprometidas, dedicadas e que além de gostarem do que fazem e estarem preparadas para desafios, sentem orgulho de fazer parte da empresa onde estão” disse Rodrigo Carvalho, gerente de produção de suínos da Fazenda São Paulo, situada em Oliveira/MG

Entre as 10 melhores granjas do Brasil 5 são mineiras: 1º Fazenda Várzea do Pau D’Alho (Joaquim Campos Pereira – Lima Duarte/MG), 2º Granja Capivari (André Almeida Costa – Bom Despacho/MG), 3º Granja Boa Esperança (Agostinho Mansano Peres – Presidente Olegário/MG), 5º Granja Pedrosa (Paulo Roberto Pedrosa – Itaúna/MG) e 8º Granja Nova Canaã (Rosália Franco Mariotto – Pará de Minas/MG).

“Ver um projeto como o Melhores da Suinocultura completar 10  anos é uma grande vitória para a cadeia que se mostra cada vez mais organizada e eficiente  também é hora de parabenizar ao amigo Everton Gubert e toda a família da Agriness pela data, pela dedicação e competência” completou o presidente da ASEMG.

Clique e baixe o relatório completo: Melhores_Resultados_10Edição

Filiado à ABCS