ASEMG EM AÇÃO: REUNIÃO SOBRE MODELO ORGANIZACIONAL, CERTIFICAÇÃO E DECISÃO SOBRE A MANUTENÇÃO DO PREÇO DE BOLSA

Ocorreu hoje (23) na parte da manhã, uma reunião para apresentação do modelo organizacional da Asemg realizada pelo presidente da entidade, Dr. Antônio Ferraz, aos futuros diretores da Associação Estadual dos Aquacultores. “Como coordenador do Conselho Estadual de Política Agrícola, sugeri aos meus colegas do setor de pesca e aquicultura que antes de criarem a associação estadual, tomassem conhecimento das boas práticas adotadas pela ASEMG ao longo destes 40 anos. Assuntos como: estatuto, princípios essenciais como visão, missão e carta de valores da instituição, a formação do processo da Bolsa de Suínos e a evolução do Mercominas, PNDS, 2ª5ª Especial e representatividade política através da Frente Parlamentar foram tópicos importantes mostrados aos nossos colegas para que eles se organizem e formem uma associação também robusta e representativa”, comentou Lucas Rocha Carneiro da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais.
Ainda neste dia, às 14h00, haverá mais uma reunião para debater o tema certificação nas granjas mineiras com apresentações da Professora Simone Koprowski Garcia da Universidade Federal de Minas Gerais trazendo para discussão o programa EurepGap  Certification e também do consultor e médico veterinário Ricardo Luiz Bona sobre os procedimentos do Selo Suíno Paulista.
Na tarde desta quinta, não haverá a tradicional reunião da Bolsa de Suínos de Minas Gerais para a discussão de preço do  quilo do suíno vivo pois o cenário não foi alterado, haja vista que este continua operando de maneira firme. Sendo assim, sugere-se novamente a comercialização do quilo do animal vivo a R$4,20, com validade até o dia 30/01.
De acordo com o Jox Assessoria Agropecuária, no mercado físico de cevados do interior paulista nada mudou, informação esta que pode ser também comprovada com os dados mais recentes do Cepea :

E também através das informações do mercado da Associação Paulista dos Criadores de Suínos (APCS), grande balizador de preço dos suínos no país, que definiu seu valor  de comercialização no último dia 20 entre R$79,00 a R$80,00@, o que representa R$4,21 e R$4,26/kg do suíno vivo.

Fonte: Assessoria de Comunicação Asemg