ASEMG PROMOVE O II FÓRUM ESTRATÉGICO DA CARNE SUÍNA MINEIRA

O Fórum faz parte das Soluções Integrativas Mercominas em parceria com o SEBRAE que nesta edição trabalhou questões relacionadas a Tributação e Milho
O evento realizado na sede da Associação dos Suinocultores do Estado de Minas Gerais (ASEMG) contou com a presença dos diretores da entidade, deputados, secretários de Estado, diversos representantes de frigoríficos e de indústrias e autoridades ligadas às entidades políticas do governo de Minas. “A suinocultura passa por um momento muito difícil e só conseguiremos amenizar os prejuízos do nosso setor com o apoio do governo, dai a realização deste evento” explicou o presidente da ASEMG, Dr. Antônio Ferraz de Oliveira.
Cerca de 60 pessoas ligadas a SEAPA, SEFAZ, AFRIG, SINDUSCARNE, AVIMIG, MAPA, FAEMG, IMA, SEBRAE, UFV, UFMG,ABRAVES, CRMV, FRENTE PARLAMENTAR e ABCS discutiram temas que podem tornar a carne suína mineira mais competitiva . “A FAEMG e a ASEMG já estão trabalhando junto a Secretaria da Fazenda para conseguirem a equiparação tributária no setor suinícola mineiro em relação aos estados do sul. No entanto, a ASEMG une forças com a AFRIG e SINDUSCARNE para ampliar a tributação não apenas na entrada de suínos vivos vindo de outros Estados, como também para a entrada de carcaças e de leitões. Assim o II Fórum MERCOMINAS vem  aproximar entidades representativas para promover ganhos a todos os elos da cadeia da carne suína de Minas” comentou o vice-presidente da ASEMG, José Arnaldo Cardoso Penna.
Como resultado das discussões foram formados dois comitês – Milho e Tributação, com integrantes de diversas instituições que darão andamento a todas as demandas levantas pelos participantes do Fórum Mercominas junto ao governo do Estado.
Fonte: Assessoria de Comunicação ASEMG