BOLSA DE SUÍNOS DE MINAS GERAIS FECHA EM R$4,40 (MANUTENÇÃO)

A primeira Bolsa de Suínos de Minas Gerais do ano de 2016, foi realizada hoje (4) entre representantes dos frigoríficos e produtores na sede da ASEMG.
Compradores e vendedores iniciaram o debate comentando as peculiaridades das vendas ocorridas durantes as semanas anteriores. Ambos os lados afirmaram que as vendas ocorridas na semana do Natal foram bastante positivas, no entanto frigoríficos comentaram que as quantidades vendidas na semana do réveillon não foram tão positivas quanto o esperado.
Suinocultores mostraram que segundo dados do MERCOMINAS as vendas correspondentes às semanas em questão subiram 9,09 e 5,82% respectivamente e informaram que devido a estas boas vendas a quantidade de animais disponíveis é cerca de 8% menor que a média semanal e o peso dos animais está na casa de 100,26 quilos, ou seja, os suínos estão leves.
Frigoríficos argumentaram que existe entrada de animais de outros Estados com preços melhores  que os comercializados em Minas e  falaram sobre a incerteza do mercado vindouro, uma vez que a reunião aconteceu no primeiro dia útil do mês. Frente a estes argumentos propuseram uma Bolsa em aberto para esta semana.
Suinocultores não concordaram com a proposta e mostraram que segundo o MERCOMINAS o preço médio dos cortes suínos no varejo subiu 0,59% e o preço médio do suíno vivo ficou estável e não concordaram com a Bolsa em aberto.
Após algum tempo de discussão produtores e frigoríficos mantiveram a Bolsa Fechada em R$4,40 com validade até o dia 11/01, quando haverá nova reunião de Bolsa.
Fonte: Assessoria de Comunicação ASEMG